5 cuidados na hora de fazer as unhas

Na hora de fazer as unhas, alguns cuidados são essenciais para que uma simples retirada de cutícula, por exemplo, não vire uma enorme dor de cabeça. 




 1. Devemos retirar a cutícula? 
Apesar de ser um hábito, a cutícula é a barreira natural da unha contra os agentes infecciosos. Não deve ser retirada. A recomendação é deixar sempre as unhas bem cortadas,hidratadas e empurrar a cutícula com uma espátula, sempre com muito cuidado.

 2. É necessário ficar sem esmalte nas unhas para que elas "respirem"? Se sim, por quanto tempo? 
O excesso de esmalte pode ser a causa doenfraquecimento das unhas, já que contêm produtos químicos que causamdesgaste. Para evitar esse tipo de problema, é importante deixá-las ao natural pelo menos uma semana por mês. Sete dias longe do esmalte, acetona, alicate e lixa ajudam na recuperação, devolvem o brilho e impedem que elas quebrem com facilidade. 

 3. Quais as consequências do ato de roer as unhas? 
Também conhecido como onicofagia, roer as unhas pode trazer sérias lesões podendo trazer algumas consequências como deformidades e até mesmo a destruição definitiva das unhas. Pode acarretar infecções bacterianas e virais, já que o pós-trauma deixa uma "porta aberta" para esses micro-organismos, que podem prejudicar a área do contorno da boca, dos dedos, das cutículas e do aparelho digestório. 

 4. Lixar enfraquece as unhas? 
 Unhas bem lixadas têm menos chances de quebrar,portanto isto não as tornam mais fracas. 

 5. Como ocorrem as contaminações? 
A contaminação por hepatite C ocorre pelo contato com o sangue: se uma pessoa infectada usa alicate de unha e equipamentos perfurantes e se fere, o vírus fica em contato com a superfície do aparelho. Uma pessoa não contaminada usa o mesmo equipamento, também se fere e se contamina com o vírus. Por conta deste perigo, recomendo o uso de um kit manicure pessoal. 

Fonte: Corpo a Corpo

0 comentários:

 

Vem Curtir!

Segue também!

Novidades por email!

Instagram